PEDIDO DE INFORMAÇÕES

ou contacte-nos por telefone

254 883 105 Segunda a Sexta 9:00 - 18:30

Caminho de Jacinto

Estação de Tormes (0)
desde/por pessoa 42.00


  • Programa 1 dia
  • Almoço
  • Caminhada
  • Comboio
  • Dificuldade baixa
  • Grupos Privados
  • Guia Turístico
  • Museus

Eça de Queiroz desembarcou algumas vezes na Estação de Aregos (onde inicia o “Caminho de Jacinto”), encantado pela paisagem da região do Douro, logo escreveu o conto “Civilização”, que viria dar origem a um dos seus romances “A Cidade e as Serras”, publicado em livro, apenas no ano da sua morte.

Numa viagem no tempo será recebido na Estação de Tormes, carregada de história sobretudo pelo facto de Eça de Queiroz proveniente de Paris se ter apiado nesta estação em 1892, “… a pequenina estação de Tormes termo ditoso das nossas provações. A sineta repicou…E com um belo fumo claro de o comboio desapareceu por trás das fragas altas.” (Eça de Queiroz, 1982).

O “Caminho de Jacinto” é uma das mais belas descrições paisagísticas de toda a literatura nacional e mundial.
Inspirado num episódio da sua vida real, quando um dia chegou à estação e, por extravio de correspondência, não tinha ninguém à sua espera, conta-nos, n’A Cidade e as Serras, a reação da sua personagem principal JACINTO: acompanhado do seu fiel amigo Zé Fernandes, a surpresa e a revolta do “Senhor de Tormes” por ter perdido toda a bagagem e um criado que, supostamente, vinham numa outra carruagem, e por não ter cavalos nem carruagem à espera.
O episódio, inspirado na vida real, tem a função de reforçar o contraste com a descrição da subida até à Casa de Tormes, pois, a cavalo numa égua e num burro arranjados pela vizinhança, logo no início do percurso, perante uma paisagem tão deslumbrante, exclamaram: “Em breve, TODOS OS MALES ESQUECERAM” e só exclamavam: “-Que beleza! Que beleza!…”


Itinerário

9h10 Inicio da viagem de comboio na Estação do Porto – S. Bento.
10h40 Chegada à Estação de Tormes
Receção no Cais de Aregos com doces da região.
11h15 Percurso pedonal - “Caminho de Jacinto”
13h00 Almoço Queirosiano (arroz de favas com frango alourado)
15h00 Visita à Fundação Eça de Queiroz
16h30 Regresso à Estação de Tormes
17h15 Partida para o Porto - S. Bento
18h50 Chegada ao Porto

0 Avaliações
  • Paisagem
  • Guia Turístico
  • Preço
  • Qualidade